Treino de Alto Rendimento

Coordenador do Curso

Professor Doutor José Gomes Pereira

Coordenadora Adjunta

Professora Doutora Anna Volossovitch


Duração Oficial

Anos: 2      Semestres: 4      Créditos ECTS: 120


Apresentação do Curso

O Mestrado em Treino de Alto Rendimento contribui para a especialização de treinadores desportivos, possibilitando-lhes a aquisição e aprofundamento de conhecimentos e métodos de intervenção referentes ao planeamento, condução e avaliação do processo de treino em atletas de Alto Rendimento, facilitando-lhes o domínio de instrumentos de avaliação e controlo do treino específicos das diferentes modalidades desportivas. Contribui também para a especialização de treinadores desportivos, proporcionando-lhes a aquisição e aprofundamento de conhecimentos que permitam a prevenção de problemas de saúde, desde a lesão músculo-esquelética à fadiga acumulada e imunodepressão associadas ao processo de sobretreino.

O Instituto Português do Desporto e Juventude reconheceu o 2.º ciclo em Treino de Alto Rendimento (Despacho n.º 14 835-CJ/2007) da FMH na componente de Formação Geral nos Graus I, II e III.


Objetivos
  • Contribuir para a especialização de treinadores desportivos, possibilitando-lhes a aquisição e aprofundamento de conhecimentos e métodos de intervenção referentes ao planeamento, condução e avaliação do processo de treino em atletas de Alto Rendimento
  • Contribuir para a especialização de treinadores desportivos, possibilitando-lhes o domínio de instrumentos de avaliação e controlo do treino específicos das diferentes modalidades desportivas
  • Contribuir para a especialização de treinadores desportivos, possibilitando-lhes a aquisição e aprofundamento de conhecimentos que permitam a prevenção de problemas de saúde, desde a lesão músculo-esquelética à fadiga acumulada e imunodepressão associadas ao processo de sobressolicitação – sobretreino, na condução do processo de treino

Horário de Funcionamento do Curso

Sextas-feiras todo o dia e sábados de manhã.

Sexta-feira: 9h-13h e 14h30-18h30
Sábado: 9h-13h


Condições de Acesso

Serão ponderados os seguintes critérios específicos para além dos expressos no regulamento:

  1. Titular do grau de licenciado ou equivalente legal
  2. Titular de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo
  3. Titular de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo Conselho Científico da FMH
  4. Detentor de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Científico da FMH
  5. Classificação da licenciatura
    1. Aos candidatos licenciados numa instituição universitária em Ciências do Desporto ou equivalente legal, será atribuída a seguinte ponderação:
      1. Classificações de 14 valores – 4 pontos
      2. Classificações de 13 valores – 2 pontos
      3. Classificações inferiores a 13 – 1,5 pontos
    2. Aos candidatos licenciados em áreas afins noutras instituições de ensino superior, será atribuída a seguinte ponderação:
      1. Classificações de 14 valores – 3 pontos
      2. Classificações de 13 valores – 1,5 pontos
      3. Classificações inferiores a 13 – 1,5 pontos
    3. A todos os outros candidatos portadores de outras licenciaturas será atribuída a seguinte ponderação:
      1. Classificações de 14 valores – 3 pontos
      2. Classificações de 13 valores – 1,5 pontos
      3. Classificações inferiores a 13 – 1,5 pontos
    4. Adicionalmente e em todos os casos acima referidos, será atribuído 0,5 pontos por cada valor acima de 14, até um máximo de 5 pontos
  6. Avaliação curricular
    1. A avaliação curricular será composta por dois fatores: a formação profissional, técnica e científica, e a experiência profissional. A avaliação da formação profissional, técnica e científica será efetuada de acordo com os seguintes critérios:
      1. 0,10 pontos por cada curso de formação frequentado, considerado relevante pelo júri, até um máximo de 1 ponto
      2. 0,20 pontos por cada participação como preletor, em ações e cursos de formação, consideradas relevantes pelo júri, até um máximo de 2 pontos
      3. 0,20 pontos por cada artigo ou trabalho publicado, no âmbito das Ciências do Desporto, até um máximo de 2 pontos
  7. Experiência profissional
    1. A experiência profissional será avaliada de acordo com os seguintes critérios:
      1. 0 a 5 pontos para classificar a experiência profissional no âmbito do treino desportivo, com base nos seguintes critérios:
        1. Anos de prática como treinador, até um máximo de 2 pontos. Neste âmbito, considerar-se-á que 1 ponto corresponde a cinco ou menos anos de prática profissional e 2 pontos a uma prática profissional superior a cinco anos.
    2. Adicionalmente, será valorizada a qualidade do modelo de intervenção, de acordo com os seguintes critérios:
      1. 1 ponto pelo exercício profissional junto de equipas/atletas de âmbito nacional
      2. 2 pontos pelo exercício profissional junto de equipas/atletas detentores de títulos ou recordes nacionais
      3. 3 pontos pelo exercício profissional junto de equipas/atletas participantes em campeonatos da Europa, do mundo ou jogos olímpicos

Poderá ainda, em alternativa à experiência profissional como treinador, considerar-se pontuar, de 1 a 2 pontos, a experiência dos candidatos como atletas de alta competição.

Em caso de empate, serão utilizados os seguintes elementos, por ordem decrescente de importância, para desempatar situações de igualdade de classificação final:

  1. Nota da licenciatura
  2. Nota do item da avaliação curricular
  3. Nota do item da experiência profissional

Limitações Quantitativas
  • Numerus clausus: 30
  • Número mínimo indispensável ao funcionamento do curso: 10
  • Número de vagas destinadas à frequência de unidades curriculares isoladas: 10 vagas às seguintes unidades curriculares – Metabolismo Energético e Função Cardiorrespiratória; Crescimento, Maturação e Desempenho Desportivo; Função Neuromuscular; Biomecânica das Técnicas Desportivas; Métodos e Técnicas de Investigação em Ciências do Desporto I; Desenvolvimento das Qualidades Físicas; Planeamento do Treino; Psicologia do Treino e Métodos e Técnicas de Investigação em Ciências do Desporto II

Júri de Seleção: Professores Doutores José Gomes Pereira (Presidente), Pedro Pezarat Correia (Vogal) e António Paulo Ferreira (Vogal).

Júri de CreditaçãoJosé Gomes Pereira (Presidente), Pedro Pezarat Correia (Vogal) e Maria João Valamatos (Vogal).


Áreas Disciplinares

A área predominante do curso é Ciências do Desporto, sendo o curso organizado nas seguintes áreas disciplinares:

  • Biologia das Atividades Físicas (BAF) – 104 ECTS
  • Pedagogia e Metodologias de Intervenção (PMI) – 10 ECTS
  • Matemática Aplicada e Estatística (MAE) – 3 ECTS
  • Psicologia e Comportamento Motor (PCM) – 3 ECTS 

Propinas

Valor total: 3.200,00€ (2.240,00€ no 1.º ano + 960,00€ no 2.º ano).

Regulamento de propinas


Oeiras Valley

Educação para a ciência, inovação e excelência