Benfica e Faculdade de Motricidade Humana assinam protocolo

O Sport Lisboa e Benfica e a Faculdade de Motricidade Humana (FMH) assinaram um protocolo de cooperação, onde o presidente do Clube, Luís Filipe Vieira, bem como o homólogo da FMH, Carlos Neto, estiveram presentes.

Em declarações à Benfica TV, o presidente da Faculdade de Motricidade Humana defendeu que a simbiose entre as duas instituições pode trazer muitos frutos. “A FMH é a escola mais antiga em Portugal na formação de técnicos de educação física e desporto, portanto, quer no âmbito da formação científica, quer pedagógica, podemos ter um papel importantíssimo na relação com um Clube com esta projecção nacional e internacional”, afirmou.

Carlos Neto acrescentou que os técnicos da FMH “podem aprender e iniciar as suas carreiras” no Clube, lembrando que já há vários na estrutura “encarnada”. “Já temos muitos antigos alunos a trabalhar nesta grande instituição. Pensamos também que necessitamos de unir cada vez mais a Universidade com a realidade, ou seja, a teoria com a prática. Há uma grande evolução científica ao nível de treino do desportivo e na formação de jovens atletas, assim como na formação de alta competição, por isso, vamos colocar à disposição os nossos laboratórios e os nossos recursos humanos para poder responder às solicitações que o Sport Lisboa e Benfica tiver nos mais diversos âmbitos. Da mesma maneira, os nossos docentes e estudantes irão aprender imenso com uma instituição com esta grandeza”, reforçou.

O presidente da FMH adiantou que a cooperação “vai ser ao nível da colocação de estagiários, como também na formação de cursos pós-graduados, assim como ao nível de utilização de novas tecnologias”.

Carlos Neto salientou a importância da assinatura do protocolo com a instituição benfiquista, liderada por Luís Filipe Vieira. “A nossa faculdade tem colocado treinadores nas mais diversas modalidades e em todo o mundo. Somos a escola que forma os jogadores de maior qualidade, por isso, estamos a realizar um acto protocolar que vai ficar na nossa memória”, sublinhou.

Conjugação de esforços
Bruno Mendes, coordenador do Benfica LAB há oito anos, explicou as intenções do Clube com esta parceria com a FMH. “Há bastante tempo que pretendíamos estabelecer um protocolo com uma entidade científica. O nosso grande objectivo é desenvolver a cooperação científica e a investigação, além de que como podemos fazer uma formação académica através dos centros de investigação, bem como nos departamentos que estão integrados nas duas instituições. Vamos conjugar esforços para podermos fazer determinadas acções específicas de colaboração ao nível do treino e da investigação”, disse.

O coordenador do Benfica LAB referiu que vários elementos irão estagiar no Clube e que os mesmos “poderão vir a ser os novos técnicos do Sport Lisboa e Benfica”. “Ao nível da base científica, vai ajudar-nos bastante, uma vez que vamos ter um apoio científico que nos vai suportar em determinadas decisões que vamos ter de tomar”, acrescentou, em declarações à Benfica TV, sobre o protocolo.

Fonte: http://aovivo.slbenfica.pt/noticias/detalhedenoticia/tabid/790/articleid/26147/language/pt-pt/benfica-e-faculdade-de-motricidade-humana-assinam-protocolo.aspx. Consultado a 4 de dezembro de 2012

Erasmus Incoming