Viagem ao Pisão, onde o futebol é o melhor remédio

Viagem ao Pisão, onde o futebol é o melhor remédio

Cada vez mais as instituições utilizam o futebol como forma de combater os efeitos dos distúrbios entre doentes mentais. Os benefícios dos treinos, dos jogos e dos torneios são evidentes e a vários níveis, dizem.

No Pisão, ali na serra entre Sintra e Cascais, há uma associação que utiliza o futebol como medicamento. Não será a única, seguramente, mas é ainda um caso raro.

Chama-se Centro de Apoio Social do Pisão e pertence à Santa Casa de Cascais. Tem a seu cargo cerca de trezentos adultos, todos eles pacientes mentais: são pessoas que em determinada fase da vida adquiriram um distúrbio por razões muito diversas. Hoje em dia têm a vida condicionada por esquizofrenias, bipolaridades, depressões major e distúrbios de personalidade.

Duarte Araújo é professor na Faculdade de Motricidade e tem trabalhado na investigação sobre o efeito do desporto na saúde mental. Para ele faz todo o sentido usar o futebol como medicamento.

in Maisfutebol | 26/10/2018
Viagem ao Pisão, onde o futebol é o melhor remédio

Erasmus Incoming