Observação do Desenvolvimento Infantil

Unidade Curricular: Observação do Desenvolvimento Infantil
Ano:

1

Semestre:

2º Semestre

Área Disciplinar:

Psicologia e Comportamento Motor

ECTS:

5.5

Regente:

Ana Isabel Amaral do Nascimento Rodrigues de Melo

Objectivos:

O objetivo da disciplina centra-se no estudo das metodologias e técnicas de observação e medida do comportamento na infância e adolescência. Procura-se identificar os principais instrumentos relacionados com a observação sistemática do comportamento infantil na perspetiva do desenvolvimento. Uma particular atenção será dada à identificação de problemas associados à conceção, aplicação e registo de dados, bem como na exemplificação através de observação direta e em diferido.

Conteúdos Programáticos em Syllabus:

Desenvolvimento humano em contextos naturalistas. Técnicas de avaliação: técnicas de observação direta e medida do comportamento. Técnicas de observação sistemática. As teorias ecológicas e etológicas. A observação manual, por audio, video-tape por computador. Vantagens e inconvenientes. A observação do comportamento motor (molar e molecular), social, afetivo e agressivo. A terminologia e a definição de categorias de ação (molares e moleculares). Observação do jogo no desenvolvimento da criança. Limitações à avaliação do desenvolvimento através da utilização de técnicas de observação.

Avaliação:

A avaliação consiste na realização de dois testes escritos (avaliação contínua) com uma média não inferior a 10 valores. O exame final é constituído por um teste escrito com uma avaliação igual ou superior a 10 valores.

Bibliografia:

Billman, J. & Sherman, A. (1996). Observation and participation in early childhood settings. A practicum guide. USA: Allyn & Bacon.
Blurton-Jones. (1972). Ethological studies of child behavior. London: Cambridge University Press.
Brito, A. (1994). Observação Directa e Sistemática do Comportamento. Lisboa: Edições FMH.
Haywood, K.M. (1988). Laboratory Activities for Life span motor development. Champaign Ill.: Human Kinetics.
Hutt, S. & Hutt, C. (1974), Observação directa e medida do comportamento. Ed. S. Paulo: Pedagógica e Universitária.
Neto, C. (1997). O jogo e o desenvolvimento da criança. Lisboa: Edições FMH.
Pellegrini, A. (1996). Observing children in their natural worlds: a methodological primer. Ney Jersey: Lawrence Erlbaum Associates, Publishers.
Payne, V.G. & Isaacs, L.D. (1995). Human Motor Development: a lifespan approach. Mountain View, California: Mayfield Publ. Co.

Programa em formato pdf:

Português

English

2019/2020

2019/2020

2018/2019

2018/2019

2017/2018

2017/2018

2016/2017

2016/2017

2015/2016

2015/2016

2014/2015

2014/2015

2013/2014

2013/2014



Erasmus Incoming