Licenciaturas

 

Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2011 JoomlaWorks Ltd.

 

Quais as condições de acesso aos cursos da FMH?

Por quanto tempo são válidos os exames nacionais?

Segundo a  Deliberação n.º 1134/2006 da Comissão Nacional de Acesso ao Ensino Superior, os exames nacionais são válidos como provas de ingresso no ano da sua realização e nos dois anos seguintes.

Quais são as classificações mínimas necessárias para me candidatar?

A nota da candidatura terá que ser um valor igual ou superior a 95 pontos e as provas de ingresso deverão, também, ser um valor igual ou superior de 95 pontos

Qual é a fórmula de cálculo utilizada para determinar a minha classificação final?

A média do secundário tem um peso de 50% na classificação final e as provas de ingresso completam os restantes 50%.

Tem um curso superior ou um diploma de especialização tecnológica?

Então pode candidatar-se por um concurso especial que se destina a estudantes que reúnem condições habilitacionais específicas, nomeadamente:

Tem mais de 23 anos?

Se completou 23 anos até ao dia 31 de dezembro do ano passado e não tem a habilitação de acesso ao curso a que se pretende candidatar (12.º ano ou equivalente e as provas de ingresso exigidas para o curso em causa, realizadas no ano letivo atual ou anterior), então pode inscrever-se para a realização das provas. Clique aqui para saber como.

Pretende reingressar num curso da FMH?

Estudou na FMH, e após uma interrupção dos estudos num determinado curso, pretende matricular-se neste mesmo estabelecimento, inscrevendo-se no mesmo curso ou em curso que lhe tenha sucedido. Clique aqui para saber como.

Pretende pedir mudança de curso?
A mudança de par instituição/curso é o ato pelo qual um estudante se matricula e ou inscreve em par instituição/curso diferente daquele(s) em que, em anos letivos anteriores, realizou uma inscrição, podendo ter lugar com ou sem interrupção de matrícula e inscrição numa instituição de ensino superior.
Tem um curso estrangeiro ou um CV relevante e quer pedir uma avaliação curricular?

Se pretende candidatar-se a um curso da FMH e for:

  • Titular de um grau académico superior estrangeiro ou
  • Se considera ser detentor de um currículo escolar, científico ou profissional relevante.

Clique aqui para saber como.

 

Se pretende candidatar-se a doutoramento e for:

  • Titular do grau de licenciado ou
  • Se considera ser detentor de um currículo escolar, científico ou profissional relevante

Nestes casos deverá pedir o reconhecimento do grau académico ou a sua avaliação curricular.
No caso de o(a) candidato(a) possuir currículo já avaliado por instituições reconhecidas no âmbito científico (ex.: FCT), essa avaliação é aceite para efeitos de reconhecimento da capacidade para a realização do ciclo de estudos conducente ao grau de doutor.

Não tenho a certeza qual o concurso para me candidatar a um curso de licenciatura da FMH.

Caso reúna condições para poder candidatar-se por diferentes concursos disponibilizamos um quadro onde pode comparar as formas de ingresso e as condições de acesso. Clique aqui para saber como.

Pedido de Equivalência de Licenciatura

Com entrada em vigor a 1 de janeiro de 2019, do Decreto-Lei n.º 66/2018, de 16/8, que aprova o regime jurídico de reconhecimento de graus académicos e diplomas de ensino superior atribuídos por instituições de ensino superior estrangeiras. Considerando que a aplicação deste Decreto-Lei está dependente de uma Portaria que ainda se encontra em consulta e de uma plataforma eletrónica que está em preparação, que ainda não estão delegadas as competências necessárias à receção, análise e decisão sobre estes pedidos e que também não estão definidos os respetivos emolumentos, comunicamos que:

  • não podem ser recebidos mais pedidos de equivalência ou de reconhecimento ao abrigo do Decreto-Lei n.º 283/83, de 21 de junho;

  • a Reitoria e as Escolas da Universidade de Lisboa apenas deverão começar a receber os pedidos de reconhecimento ao abrigo do Decreto-Lei n.º 66/2018, de 16/8, quando as respetivas competências estiverem devidamente delegadas e os emolumentos estiverem definidos.

Assim que for possível retomar o recebimento dos pedidos, será colocada informação neste sítio.

 

Diário da República: Decreto-Lei n.º 66-2018

Erasmus Incoming